Detran em greve: chega, né?

558

De novo DETRAN em Greve. É hora de darmos um basta.

No último mês todos os meios de comunicação mato-grossenses noticiaram sobre a greve do DETRAN. Como acontece todo ano, às vezes duas ou três vezes por ano, os servidores do DETRAN pediram reajuste.

Quem não esta satisfeito com o seu trabalho e com seu salário que procure outro emprego.

Essa situação é muito delicada para nós, contribuintes e necessitários dos serviços prestados pelo DETRAN. Inúmeras pessoas desempregadas, o país inteiro tentando sair da crise, pais de famílias há meses ou há anos procurando um emprego para dar de comer aos seus dependentes, o estado de Mato Grosso passando por uma crise na saúde, pessoas morrendo em leitos de UTI, servidores e pensionistas recebendo seus salários parcelados; mas os servidores do DETRAN não estão nem aí para tudo isso.

O mais interessante é a questão da qualidade dos serviços do DETRAN, péssimos. Salvo raras exceções, quando entramos no prédio do DETRAN buscando por seus serviços, costumamos ser mal atendidos, ver caras fechadas, muitas vezes somos tratados com desprezo, sem a devida atenção merecida por um cliente/pagador do salário daquele funcionário que, por privilégios constituídos em lei, acaba não tendo estímulos para prestar um bom serviço. Sem contar a demora em se resolver um probleminha pequeno, como renovação de carteira, isso quando não enfrentamos a, já frequente, situação dos servidores estarem em greve.

A polícia do estado de Mato Grosso está de parabéns por tentar primeiramente dialogar de forma educada e serena com os manifestantes e, sem ter a colaboração destes, agindo na intervenção da greve, prendendo os manifestantes que fecharam ruas e que impediram o direito das pessoas de ir e vir. Greve é um direito constituído em lei – baderna e vandalismo, não.

O pior de tudo ficou por conta de alguns deputados estaduais que, na tentativa de se promoverem e conquistar futuros eleitores no meio daqueles grevistas, foram até a delegacia pressionar pela soltura dos baderneiros.

Está na hora de privatizar?

Sim! Está mais do que na hora de privatizar. Os contribuintes precisam ser tratados com respeito e a iniciativa privada certamente prestará um trabalho muito melhor.

Sejamos lúcidos, quem nunca foi mal atendido no Detran? Quem nunca chegou lá e foi recepcionado por um atendente pouco interessado em resolver seu problema, com aquela cara de quem acha que está fazendo um favor para você, com a paz e a tranquilidade de quem sabe que, se prestar ou não um bom serviço, não fará diferença nenhuma, pois o seu salário está garantido no final do mês.

Se entregue à iniciativa privada, os funcionários não terão o privilégio da estabilidade do serviço público. Funcionário que não prestar um bom serviço poderá ser mandado embora, as greves acabarão e os salários serão de acordo com metas batidas.

Avisos - Privado x Público

Quer ganhar mais? Trabalhe mais, dedique-se mais, dê o melhor de você todos os dias, suba na vida pelo merecimento e não atrapalhando a vida das pessoas fechando avenidas e causando enormes transtornos a elas. Todos os serviços prestados pelo DETRAN podem ser prestados pela iniciativa privada com mais isonomia e menor custo do que pela gestão pública.

Se você tem dúvidas se seriam melhores os serviços sendo prestados pela iniciativa privada é só olharmos para trás e vermos o quanto evoluímos na telefonia depois de privatizada. Imagine o que os governos petistas não teriam feito com a VALE DO RIO DOCE se não tivesse sido privatizada? Infelicidade foi não ter privatizado a PETROBRÁS e livrado ela de tanta corrupção.

Não vou me estender adentrando em exemplos de quanto foi importante e valoroso fazer privatizações, aqui tem muitos dados da situação que era e a situação atual das principais privatizações feitas no Brasil.

SimSite Agência Digital

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here